quarta-feira, 27 de julho de 2011

Nessa quarta, manifestação em frente ao Fórum de Sarandi

Do Blog do Silveira


ATO POLÍTICO CONTRA A CRIMINALIZAÇÃO DO MOVIMENTO SOCIAL - SARANDI

Camaradas,
Amanhã, dia 27 de julho, às 14h10, acontecerá a primeira audiência do processo criminal que está sendo movido por alguns vereadores de Sarandi contra militantes e ativistas do movimento social que lutam contra a vinda do lixo e pela reestatização do sistema. O processo de criminalização se deu em razão da denúncia que as entidades do Comitê de Lutas Sociais de Sarandi fizeram com a confecção do cartaz: TRAIDORES DO POVO! Estamos convocando todas as entidades do campo democrático para participarem de um ato político que acontecerá no horário da audiência para exigirmos o arquivamento imediato do processo e o fim da perseguição aos lutadores.Acompanhem em nosso blog.

Mais informações: pstunoroeste.blogspot.com

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Recomeça a correria

Estudo pessoal  na parte da manhã, trabalho na parte da tarde e faculdade até às onze.
Começou a correria de novo...

sábado, 23 de julho de 2011

Bom dia

Bom dia.
Correria hoje: trabalho  após às 13 hs, filha em casa , reunião com os camaradas , chapa do Sismmar e por aí vai.
Tenho que dar conta...
Posto mais amanhã.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Moradores do Atenas avançam e negociação continua.


Parabéns a essas famílias, esses trabalhadores,  que estão avançando em suas reivindicações e também ao Movimento de Moradia, que tem conduzido o movimento com seriedade.

Fonte do Video: O Diário.

"Preciso acreditar que seja apenas boato" (Por Lucimar Bueno)

Corre um boato por aí que domingo a Arquidiocese de Maringá ao celebrar São Cristóvão com a tradicional benção dos veículos na Catedral de Maringá vai distribuir adesivo aos motoristas manifestando seu apoio em prol ao número baixo de vereadores. Será que a Arquidiocese de Maringá vai deixar que a decisão de “uns” leve a Igreja de Maringá a tomar essa decisão? Que debate a Igreja de Maringá realizou para tomar tal posição?
É preciso ficar atento para não sermos trapaceado e nem sermos motivo de gozação. Sem um conhecimento mínimo necessário a Arquidiocese assinou o manifesto encabeçado pela ACIM contra o aumento de vereadores, agora o boato da entrega de adesivos; É lamentável.
Sugiro a Arquidiocese a substituir o adesivo de número baixo de vereadores por adesivos e panfletos denunciando o absurdo dos 40 anos de contrato do transporte com a TCCC e informação e articulação do povo contra a lei de alterações no uso e ocupação do solo da cidade que restringe a construção de casas geminadas que praticamente acaba com o sonho da população de baixa renda ter a casa própria e favorece as grandes construtoras de prédios residenciais.
Sugiro também que a Arquidiocese de Maringá cobre da ACIM e das entidades que assinaram o manifesto pela manutenção dos 15 vereadores manifestação a respeito dos 40 anos de contrato com a TCCC e sobre as alterações no uso e ocupação do solo, que privilegia os grandes empreiteiros e os financiadores de campanhas políticas.
Entregar adesivo em prol a número baixo de vereadores é lamentável, quanto mais vereadores numa Câmara, melhor. Seria mais difícil a corrupção se alastrar; mais difícil a turma dos bajuladores dizer amém a tudo que o prefeito manda ao Legislativo. Com um número maior de vereadores, mais possibilidade de transparência, democracia e representatividade no Legislativo.

terça-feira, 19 de julho de 2011

Meu sereno desabafo

Olá meus queridos leitores. Escrevo essas linhas com a emoção à flor da pele, o que muito provavelmente acabará soando como um desabafo. Não um desabafo de ira ou raiva, mas um desabafo sereno.  Hoje foi um dia especial para mim. Fui reintegrado à Prefeitura de Maringá.  Como sabem fiquei exonerado por seis meses e reintegrado por uma decisão judicial. Diga-se de passagem, uma decisão que inclusive anulou o processo administrativo que me exonerou. A justiça, no que diz respeito à minha reintegração, foi feita. Sou filho de um motorista da prefeitura e neto de um avô que também era servidor, foi motorista de ambulância até aposentar-se. Ambos, pessoas simples, com pouco estudo, mas muito caráter. Com minha reintegração, motivada pelas palavras de um juiz, ficou provado que minha demissão foi arbitrária e injusta. E mais, nada fiz para que devesse me envergonhar ou que pudesse envergonhar minha família. Volto pela porta da frente e de cabeça erguida.
Vale dizer que não retornei ao local que trabalhava antes de ser exonerado.  Fui transferido para outro local, é claro, na função de auxiliar de enfermagem. Função na qual fui aprovado em concurso público no ano de 2002.
Gostaria de deixar um recado à essa administração, afinal sei que lêem o blog. Um recado senhores, sincero e feito por alguém que está com a alma leve e lavada: independente de qualquer questão, retornando ao trabalho volto à prestar aos usuários, ou pacientes, a melhor assistência possível.  Um atendimento que prestaria à um familiar meu ou o  atendimento que eu mesmo gostaria  de receber se precisasse.  Com respeito à isso, estejam tranqüilos. E por favor, me deixem em paz. Essas pessoas não têm culpa da administração que impera e, menos ainda, de tudo que sofri durante os últimos anos.
Continuarei na luta, pois esse processo, apesar de tão doloroso, me ensinou muito e me deixou mais forte ainda.
Agradeço muito aquelas pessoas que estiveram ao meu lado. Principalmente minha família que acompanhou tudo de perto, à Rozilda, aos servidores e camaradas da CSP-Conlutas.
Parafraseando Chico Buarque, “... amanhã vai ser outro dia”.

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Minha reintegração está marcada para às nove da manhã

Estive hoje à tarde na Prefeitura e falei com o Procurador Jurídico, Dr. Manzato. Me disse para estar às 9 da manhã no Recursos humanos para a reintegração.
Acredito que tudo vai dar certo, afinal o jurídico da prefeitura foi notificado na quinta-feira para reintegrar-me imediatamente, o que não fez até agora.
Amanhã informo  como foi.

sábado, 16 de julho de 2011

sábado, 9 de julho de 2011

Coordenador da Ocupação Pinheirinho visita moradores da ocupação do Atenas


Na tarde de sábado esteve na ocupação do Atenas Valdir Martins, o “Marrom” como é conhecido no movimento nacional de luta por moradia. Marrom é coordenador do MUST (Movimento Urbano dos Sem Teto) e coordenador de um dos maiores movimentos de ocupação da América Latina, a Ocupação Pinheirinho de São Jose dos Campos que conta com cerca de duas mil famílias, praticamente cinco mil pessoas e já conta com sete anos de ocupação. Marrom também faz parte da Executiva Nacional da CSP-CONLUTAS (Central Sindical Popular).
Junto com demais lideranças do Movimento por Moradia de Maringá e dirigentes do PSTU, conversou com diversos os moradores e declarou seu apoio à sua luta daquelas famílias por moradia. “Acredito que essa resistência vai crescer, não só de famílias de Maringá, mas de cidades do entorno lutando não só por moradia, mas também por saúde, educação”.

Semelhança com a realidade

Essa pintura foi feita na parede do DCE da Uem. O artista chama-se Latuf.

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Decepcionei com a Arquidiocese de Maringá (Do Blog da Lucimar Bueno)

Fiquei decepcionada quando vi que a Arquidiocese de Maringá assinou o manifesto contra o aumento de vereadores. Com relação a ACIM e outros é preciso ficar atento e "muito atento". Penso que deveria antes de tomar certa decisão tão expressiva amadurecer idéias, ouvir mais pessoas.

Meu entendimento sobre aumento de vereadores

Não sou contra o aumento de números de vereadores, o que é preciso urgentemente é diminuir o que eles ganham. Acredito que é possível aumentar o número sem aumentar o valor do repasse de verba.
Embora tenha quem acredite que com o aumento de vereadores não garante uma maior representatividade da população, penso que pode não ser bem assim, aumentaria sim a possibilidade de grupos sociais elegerem seus representantes. Um número maior também dificultaria o domínio dos grupos “dominantes” (econômicos) que tem a maioria dos vereadores, porque teriam que gastar mais dinheiro/favores e tantas outras coisas que são feitas para ter a maioria com eles. Quanto mais pessoas envolvidas, mais fácil é vazar informações de falcatruas e compras de voto. Que bom seria se tivéssemos 23 vereadores, sem o aumento do repasse de verba.

quarta-feira, 6 de julho de 2011

NÃO REINTEGRADO APÓS 30 DIAS DE SENTENÇA FAVORÁVEL, PEDI PROVIDÊNCIAS A OAB DE MARINGÁ

 Na data de ontem protocolei um pedido de providências junto a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) Sub-Seção Maringá, para que a entidade possa tomar providências junto ao Cartório 6ª. Ofício Civil de Maringá, no que se refere à demora da publicação da sentença de minha reintegração no Diário de Justiça. (Processo:189/2011).
A liminar da justiça proferida acertadamente para o restabelecimento da justiça foi concedida pelo Exmo Juiz Belchior Soares da Silva, foi assinada no dia 3 de junho e até o momento, trinta e três dias depois ainda não foi publicada no Diário de Justiça.
Em virtude disso, mais de um mês após ser concedida a liminar, ainda não voltei ao trabalho. Há informações que o Seu Carrara que recebeu a liminar de reintegração  em abril desse ano também não foi reintegrado ainda pelo mesmo motivo.
É uma situação muito difícil. Afinal, existe já a decisão favorável e a espera para quem está desempregado é dolorosa. Sou pai de família e preciso do trabalhar para meu sustento e o sustento daqueles que sou responsável.
Nós trabalhadores acompanhamos publicações que acontecem num prazo bem menor. Qual o motivo da demora de algumas publicações e outras publicações serem publicadas tão rápidas? É por essas e outras que sou totalmente favorável a estatização dos cartórios judiciários.

Por Paulo Vidigal


(Quem puder divulgar agradeço)

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Curso de Cuidador

A Cuidar+Paraná promove o Curso de Cuidador. O objetivo do curso é capacitar e qualificar profissionais de saúde e familiares que precisam desse conhecimento.
Contatos pelos telefones: 3026-0099 e 3026-2323.

Servidor municipal morre em acidente.

Faleceu na manhã dessa segunda feira o servidor Marcelino Genivaldo de Souza, 50 anos. Genivaldo se envolveu num acidente quando conduzia uma ambulância da Prefeitura de Maringá e retornava de Apucarana após levar aquela cidade um paciente para tratamento.
Passei há pouco no setor onde Genivaldo trabalhava. Seus colegas de trabalho estão muito tristes com a morte desse trabalhador e pai de família.  

sábado, 2 de julho de 2011