quarta-feira, 6 de julho de 2011

NÃO REINTEGRADO APÓS 30 DIAS DE SENTENÇA FAVORÁVEL, PEDI PROVIDÊNCIAS A OAB DE MARINGÁ

 Na data de ontem protocolei um pedido de providências junto a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) Sub-Seção Maringá, para que a entidade possa tomar providências junto ao Cartório 6ª. Ofício Civil de Maringá, no que se refere à demora da publicação da sentença de minha reintegração no Diário de Justiça. (Processo:189/2011).
A liminar da justiça proferida acertadamente para o restabelecimento da justiça foi concedida pelo Exmo Juiz Belchior Soares da Silva, foi assinada no dia 3 de junho e até o momento, trinta e três dias depois ainda não foi publicada no Diário de Justiça.
Em virtude disso, mais de um mês após ser concedida a liminar, ainda não voltei ao trabalho. Há informações que o Seu Carrara que recebeu a liminar de reintegração  em abril desse ano também não foi reintegrado ainda pelo mesmo motivo.
É uma situação muito difícil. Afinal, existe já a decisão favorável e a espera para quem está desempregado é dolorosa. Sou pai de família e preciso do trabalhar para meu sustento e o sustento daqueles que sou responsável.
Nós trabalhadores acompanhamos publicações que acontecem num prazo bem menor. Qual o motivo da demora de algumas publicações e outras publicações serem publicadas tão rápidas? É por essas e outras que sou totalmente favorável a estatização dos cartórios judiciários.

Por Paulo Vidigal


(Quem puder divulgar agradeço)

Nenhum comentário:

Postar um comentário