segunda-feira, 5 de setembro de 2011

"Maringá merece" (Do Akino no Blog do Rigon)

Neste sábado, dia sagrado para o religioso prefeito Silvio II, é preciso lhe fazer justiça. Foi incompreendido por criar o cadastro para a geminadas e muitos pensaram que estava querendo complicar a vida dos pobres e favorecer grandes construtoras. Injustiça. Agora consegui entender a parábola, com sua explicação em entrevista à CBN. Como com as geminadas há uma concentração de pessoas em determinadas ruas, o cadastro serviria para o planejamento de sua administração, visando melhora a coleta de lixo, o transporte coletivo, segurança pública, saúde (construção de postos). Enfim, a intenção era das mais nobres, planejar a cidade para o presente e para o futuro. Só isso, disse Silvio. Uma visão que só pessoas acima da média, gente com um nível intelectual superior, um ser, com disse seu líder na Câmara, diferenciado, digamos um quase Cristo. Consegui, num lampejo divino, entender (esta foi uma dificuldade de Cristo), se fazer entender. Fiquei sensibilizado e imediatamente fui confessar e pedir perdão pelo pecado de ter pensado mal. Abri a Bíblia e dei de cara na página dessa passagem: “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. Quase fui às lágrimas. Perdão senhor, e ao mesmo tempo, obrigado por nos ter enviado um ser tão especial para ser nosso prefeito. Como diria a campanha da CBN: “Maringá merece”.

Do Akino no Blog do Rigon.

Nenhum comentário:

Postar um comentário