quarta-feira, 20 de junho de 2012

“A guerra entre a propaganda e a realidade”.


Gostaria de compartilhar minha reflexão sobre declarações públicas de representantes da atual administração veiculadas em vários meios de comunicação. Reflexão essa que não é motivada pelo fato de estarmos em ano eleitoral. Afinal, quem acompanha meu blog sabe que sempre abordo questões polêmicas, de questionamento. Por isso paguei um preço: fui demitido por questões políticas mas mantenho minha coerência. Mas vamos lá, exercer o direito constitucional de liberdade de expressão, pois ao menos teoricamente, vivemos regime num democrático de direito.
Nessas entrevistas, os representantes da atual administração declararam que hoje Maringá está bem, é uma cidade melhor.  Não me atrevo a contradizer dados matemáticos. Mas como cidadão, tenho o direito de  questionar  contradições entre a propaganda feita sobre nossa cidade  e como ela realmente está.  Então, compartilho a pergunta: Maringá está tão bem assim, é uma cidade melhor hoje?
Vamos polemizar. Há uma longa e dolorosa fila de pacientes à espera por consultas e exames especializados na rede municipal. Na educação básica, a falta de vagas em creches continua. Nos pronto-atendimentos, pacientes continuam esperando por horas até serem atendidos. Transporte público? Temos uma das tarifas mais caras do país. Sobre o Transtorno Norte, nem se fala. Tudo isso só para começar.
Os servidores não podem se esquecer: o pagamento da trimestralidade, melhorias da Capsema e valorização do servidor, que estavam em panfletos eleitorais usados durante a eleição, ficaram só no papel. A trimestralidade não foi paga, a Capsema foi exterminada e o servidor não foi valorizado até ontem. Reajuste: para os servidores, incluindo o coletor de lixo que ganha R$ 627,00, foi de 8%. Para prefeito e secretários 44%. O próximo prefeito terá um salário de R$ 25 mil mensais.
Finalizando, é muito importante que as pessoas se informem, se interessem por política, analisem tudo que é dito com “fala mansa” nos meios de comunicação. Apenas se informando e participando se pode diferenciar a maravilha apregoada na propaganda da triste realidade vivida no dia a dia por muitos maringaenses que dependem dos serviços públicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário