quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Servidora alega perseguição




Interrompo meu recesso de postagens por um motivo justo. Hoje pela manhã recebi a ligação de uma servidora do Pronto atendimento da Zona Norte. Ela está desesperada pois não recebeu seu salário de dezembro como todos os outros servidores.  Me disse que  alegaram questões burocráticas. Mas pelo seu relato não é apenas isso.
 Ela apresentou um atestado médico sem CID, o que não foi aceito e solicitado que apresentasse um atestado com CID. Ela apresentou o segundo atestado fora do prazo. Sua chefe deveria mandar uma comunicação interna para resolver o problema, mas segundo ela, esta não o fez.
Essa questão da obrigatoriedade do CID é bem discutível, mas nem vou entrar nesse mérito. Senhores secretário de saúde Antonio Carlos Nardi, Sr José Orlando, por favor verifiquem a situação com sensibilidade e bom senso.
A falta de sensibilidade e bom senso faz com que várias vezes a prefeitura fosse condenada em processos trabalhistas.
E quem paga pelos erros dos administradores? Todos nós.

PS: antes de me ligar, ligou no sindicato e não conseguiu falar. Liguei mas também não consegui. Honestamente não sei se estão de recesso pois não encontrei nada na página do Sismmar.

PS: Na parte da tarde Cibele Campos do Sismmar informou que o sindicato está funcionando normalmente.

Um comentário:

  1. Olá Paulo, ela foi atendida pelo Juridico do SISMMAR agora pouco (28/12, as 16hs). Com Dra. Limara / 32621789

    ResponderExcluir