domingo, 27 de janeiro de 2013

Não foi uma fatalidade


A tragédia que aconteceu em Santa Maria  conta até agora 245 mortes.

Fatalidade? Não. Não acredito em fatalidades. Acredito em negligência, imperícia, imprudência. A palavra fatalidade é uma desculpa para que alguns se sintam melhores. Essa expressão ajuda alguns aliviam sua dor. Outros a utilizam para se eximir de culpa ou responsabilidade.

Situações assim podem acontecer em qualquer lugar. Seria importante sabermos  como está  a fiscalização dos órgãos competentes, em Maringá, para evitar que tragédias como essa aconteçam.

Tristeza...

Nenhum comentário:

Postar um comentário