sábado, 23 de março de 2013

Servidores municipais de Maringá rejeitam proposta da administração Pupin.




 Aconteceu na manhã desse sábado a assembléia geral dos servidores municipais de Maringá que tinha como pauta a campanha salarial 2013. Servidores lotaram a Câmara de vereadores. No início servidores do SAMU distribuíram um panfleto que trata sobre as reivindicações e a situação  daquele setor.
Vamos para a questão salarial. A reivindicação dos servidores apresentada durante a semana para administração foi de 12%%, mais a incorporação dos abonos e vale alimentação. A proposta da administração apresentada hoje para os servidores foi de 8%, sem incorporação do abono e sem vale alimentação.
Os servidores rejeitaram a proposta da administração. Decidiram manter a reivindicação de 12% mais a incorporação do abono e o vale alimentação. Ficou deliberado também um prazo maior para a administração apresente uma contra proposta. Ficou marcada uma assembléia para o dia 3 de abril às 18 horas na Câmara de vereadores.
Caso a administração não apresente uma contra proposta é grande a possibilidade de ocorrer uma greve geral. 
 (Foto: Paulo Rogério) 

Em tempo: A contratação do grande número de cargos comissionados em detrimento da valorização do servidor foi muito comentada pelos servidores. Espero que prevaleça o bom senso e os servidores sejam valorizados. 

Um comentário:

  1. espero q administraçao ,pense bem e avalia nossa proposta,pq se parar-mos garanto q o preju sera maior...estamos aguardando.............

    ResponderExcluir