sábado, 25 de maio de 2013

Sem título, mas vale a pena ler.



O advogado criminalista Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, durante o congresso de Direito realizado em Maringá nessa semana, num determinado momento arrancou risos da platéia. Ele é Conhecido por atuar em casos de grande repercussão. Entre seus clientes estão Duda Mendonça (no processo do mensalão), o ex-senador Demóstenes Torres, o Banqueiro Salvatore Cacciola e o governador Marconi Perillo.
 Num determinado momento da palestra que teve como grande foco a pressão exercida pela mídia durante o julgamento do mensalão ele falou sobre a necessidade de especialização do advogado. Contou que estava em seu escritório e foi procurado por um grande empresário que estava se separando de sua mulher. Ela havia contratado uma renomada advogada da área de família. Ele pediu desculpas ao empresário mas não aceitaria o caso pois não atuava na área de família.  Mesmo assim o empresário continuava insistindo. “Eu tenho hoje líquido aplicado, mais de R$ 3 bilhões, sem contar patrimônios e empresas”. Mesmo assim ele disse que em hipótese alguma ele aceitaria o caso. O empresário bateu na mesa e disse “Se você não aceitar pegar o caso eu vou matá-la”.  Disse o advogado: “Aí é minha área”.   


Nenhum comentário:

Postar um comentário