quarta-feira, 8 de maio de 2013

“SUPOSTA DECLARAÇÃO DO PREFEITO SOBRE SABOTAGEM NO SAMU É GRAVE”.





Devido a correria na faculdade e a dedicação aos estudos tenho postado pouco. Mas lendo essa postagem no Blog do Rigon  não pude deixar de comentá-la. É sabido que não sou adepto ao anonimato, assumo o que falo e escrevo e citando o poema de Sidonio Muralha “se caráter custa caro, pago o preço”.
A postagem foi feita pelo jornalista Ângelo Rigon no dia 7 de maio em seu blog diz o seguinte:
“Dias atrás, a vereadores, o prefeito Carlos Roberto Pupin garantiu que o que está havendo no Samu é sabotagem dos motoristas”. (Ângelo Rigon.
Honestamente não posso afirmar que o prefeito fez ou não essa declaração. De acordo com a nota do jornalista, que tem suas fontes e legalmente deve preservá-las, os únicos que poderiam confirmar a declaração do prefeito, ou não, seriam os vereadores que teriam ouvido a suposta declaração. Pessoalmente acredito ser bem difícil que algum vereador toque no assunto. Afinal, se a declaração fosse confirmada se trataria de uma acusação. Sabotar significa danificar intencionalmente estabelecimento ou coisa nele existente. Isso é crime. Por outro lado, imputar falsamente à uma pessoa fato definido como crime trata-se de calúnia. Um seja, um tiro no pé.
Novamente, não estou afirmando que o prefeito disse a frase infeliz. Estou apenas analisando a postagem feita pelo jornalista. A postagem dessa suposta declaração do prefeito causou revolta entre os servidores do SAMU. Eles conhecem melhor do que ninguém a realidade da frota de ambulâncias. Coincidentemente (ou não) essa suposta declaração vem num momento em que servidores estão em negociação por melhorias de condições de trabalho e salariais.
Se essa infeliz declaração realmente aconteceu não se sabe.  Mas ela foi recebida como uma ofensa pelos servidores do SAMU. Porque não mudar o foco? A falta manutenção preventiva, a necessidade de uma frota mais nova, a qualidade do serviço prestado pela oficina autorizada? Faça-se justiça, o atual diretor do SAMU tem se empenhado nas questões estruturais e da frota. Mas como dizia uma música “uma andorinha voando sozinha não faz verão”.
Gostaria de deixar uma sugestão para Comissão da Saúde composta de vereadores, façam uma visita à oficina autorizada onde é consertada a frota do SAMU, conheçam as condições das ambulâncias que estão rodando, conversem reservadamente com  condutores do SAMU. E se algum vereador se dispor a  confirmar, ou negar,  a suposta declaração do prefeito os servidores do SAMU agradecem.
Minha solidariedade à todos os servidores e servidoras do SAMU.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário