terça-feira, 25 de junho de 2013

"Tenham vergonha!", diz Amanda Gurgel (PSTU) sobre aumento nos salários dos vereadores de Natal (RN)

Vos apresento Amanda Gurgel. Vereadora pelo PSTU em Natal  (RN). Estava em pauta o reajuste dos vereadores que recebem atualmente R$ 15 mil. Num momento ela diz que os vereadores deveriam ter vergonha enquanto a população recebe um salário mínimo de R$ 678,00.

Vale a pena assistir..

sábado, 22 de junho de 2013

A COLUNA DE ESQUERDA SAI VITORIOSA DO 4º ATO PELA REDUÇÃO DA TARIFA EM MARINGÁ



O 4º Ato Pela Redução da Tarifa foi caracterizado por uma maciça participação de movimentos e partidos de esquerda. Em marcha cerca de 600 manifestantes   partiram do DCE numa coluna com as seguintes participações: PSTU, PSOL,  PCB , PC do B Juventude do PT , DCE -Movimente-se, MST, ANEL, UJS , UNE, UMES, CSP-Conlutas, Coletivo Feminista Maria Lacerda, comunistas, anarquistas  e ativistas independes.

Em marcha e empunhando suas bandeiras gritavam palavras de ordem pela redução da tarifa, contra a aprovação da PEC 37, pelas liberdades democráticas e contra a proibição de que bandeiras fossem levantadas.

Na altura da Av. São Paulo a coluna se juntou à manifestação que minutos antes havia saído do terminal. Enquanto alguns participantes da manifestação maior gritavam “sem partido!” a coluna de esquerda respondia com “sem censura acabou a ditadura!”.

Na praça da prefeitura houve enfrentamento. Foram lançadas bombas contra o bloco de esquerda. Ao contrário do que divulgaram alguns meios de imprensa “chapa branca” mesmo sendo alvo das bombas o bloco não se intimidou e não baixou suas bandeiras.

Após terem sido alvos das bombas, sentaram-se no chão. Nesse momento, vários manifestantes que participavam grupo maior se revoltaram com esse ato de violência e se juntaram à coluna de esquerda. Um momento emocionante.

O grupo maior se dirigiu para bloquear a Av. Colombo e a coluna de esquerda fechou o terminal por alguns minutos, onde inclusive não houve atos de vandalismo.

Essa manifestação serviu para demonstrar a importância de unidade da verdadeira esquerda, que não aceitará qualquer ato de violência e censura. 


Globo e os Protestos


sexta-feira, 21 de junho de 2013

Sob pressão de populares, vereadores criam CPI do Transporte Coletivo (Do Blog do Ângelo Rigon)


Os manifestantes maringaenses seguiram da avenida Colombo até o salão da Paróquia Santo Antonio, onde se realizou hoje a sessão itinerante da câmara municipal. Centenas de pessoas ficaram do lado de fora, gritando palavras de ordem, pois o local é pequeno, e pressionaram os vereadores a criar a CPI do Transporte Coletivo. O tenente Edson Luiz (MD) chegou a dizer que era contra, mas depois mudou o voto. Todos os vereadores assinaram o requerimento, inclusive Jones Dark (PP), depois de ser vaiado. Na foto de Clóvis Augusto Melo, no site de O Diário, Ulisses Maia, cercado por populares, mostra o documento que cria a CPI assinado pelos 15 vereadores. Os manifestantes cantaram o Hino Nacional e seguiram em direção ao Novo Centro.
PS – Para se ter uma ideia da animação da turma, as pessoas queriam até que na mesma sessão fosse votado projeto reduzindo os vencimentos dos vereadores, prefeito e secretários, o que não teria efeito prático nesta legislatura.
Gélinton Batista da Cruz fez o vídeo da passagem dos manifestantes pela sessão itinerante da Câmara de Maringá, na noite de ontem, que resultou na CPI do Transporte Coletivo.Para assistir clique aqui.

DEMOCRACIA É ISSO



Militantes do PSTU, PCB e PSOL participaram do 3º Ato Pela Redução Passagem do Ônibus. Dessa vez não empunhavam suas bandeiras, porém exercendo o direito à livre manifestação, essencial à democracia, vestiam as camisas de seus partidos. A camisa vermelha que representa o sangue daqueles que tombaram lutando por uma sociedade livre, igualitária e justa.   Democracia é isso.