domingo, 7 de julho de 2013

A LUTA É UMA SÓ.



Nessa segunda feira deve acontecer a primeira greve do SAMU de Maringá. Na noite desse domingo recebi a informação através da presidenta e vice-presidenta do Sismmar de que na última assembléia os servidores do SAMU decidiram que “questões relativas aos servidores estatutários não poderiam servir de impedimento para negociações”. A interpretação não poderia ser outra senão a de que estatutários estão fora desse movimento.
Me submeto à deliberação dos servidores mas discordo dela. A meu ver, celetistas e estatutários somos todos servidores, pertencemos à mesma classe: a classe trabalhadora. E a luta é uma só.
Vou respeitar a decisão dos servidores pela não participação de estatutários para o não travamento das negociações. Porém, por entender que somos todos trabalhadores e a luta deveria ser unificada, tomei a decisão de participar da greve em solidariedade aos companheiros do SAMU.
Saudações com lutas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário