terça-feira, 13 de agosto de 2013

Pupin entra para a história do funcionalismo (Do Blog do Rigon)



Pela primeira vez na Prefeitura de Maringá, um prefeito deixa de pagar o salário extra do PIS/Pasep até a primeira semana de agosto. De acordo com o Sismmar, o atraso tem deixado muitos servidores indignados, porque, para quem ganha pouco (muitas vezes menos que os altos subsídios dos CCs), esse dinheiro realmente faz falta. “Se os servidores ganhassem salários dignos e tivessem plano de carreira, talvez o PIS/Pasep não fizesse tanta falta”, diz a página do sindicato. Têm direito ao PIS/Pasep todos os servidores que ganham, em média, menos de dois salários mínimos por mês (incluindo adicionais, como hora extra e salário família), com mais de cinco anos de trabalho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário