domingo, 1 de setembro de 2013

MOTORISTA É PRESO POR DIRIGIR EMBRIAGADO APÓS CAUSAR ACIDENTE

video


Por volta das 16:40 horas na rotatória da Av. São Judas Tadeu com a Av. Alexandre Rasgulaeff  percebi que um veículo Logan vinha em alta velocidade pela Av. São Judas. Pouco antes da rotatória ele colidiu com outro em que estava uma família.
O motorista do carro atingido pediu para que ele parasse. O motorista do Logan se recusou e deu inicio à uma fuga.  O motorista do carro atingido enquanto o seguia ligou para a polícia. Como percebi que o causador do acidente dirigia em alta velocidade acompanhei os dois carros e também ia passando para a polícia a localização.  O motorista do Logan só parou após estacionar o carro na garagem de sua residência, nas proximidades do Hospital Paraná.
Com a chegada da Policia Militar o motorista do Logan se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas assumiu que tinha bebido seis garrafas de cerveja e algumas vodkas. O mesmo recebeu voz de prisão e encaminhado à Delegacia. Quando ele entrou na viatura da polícia, populares que acompanhavam a situação aplaudiram.
Agi dessa forma porque já vi muitas pessoas morrerem no trânsito  inocentemente. Esse motorista poderia ter causado um acidente grave, pois expôs ao risco a segurança das pessoas por onde ele passava.
Atenderam a ocorrência os policiais: soldado Rocco, soldado Sidney e sargento Tottis.


Apenas completando:
Há alguns anos meu tio foi vítima de um motorista que dirigia embriagado. Ele foi atropelado na ciclovia da Mandacarú, passou por cirurgias, mais de 40 dias na UTI e tem sequelas até hoje. Sua vida nunca mais foi ou será a mesma. O atropelador nunca foi responsabilizado. Esse tipo de injustiça me motivou a agir como agi hoje, acompanhar o causador do acidente, que estava embriagado, até que a polícia chegasse. Afinal, a vítima poderia ser qualquer pessoa. Boa semana à todos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário