segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Assessor de Pupin é condenado a indenizar catadora (Por Ângelo Rigon)

O ex-vereador Aparecido Domingos Regini, o Zebrão (PP), assessor do prefeito Carlos Roberto Pupin (PP) e presidente de honra do Maringá Futebol Clube, foi condenado a indenizar por danos morais em R$ 10 mil sua ex-cabo eleitoral Silvia de Moura Guedes. A condenação, pelo juiz Mário Seto Takeguma, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Maringá, é de 3 de outubro passado e foi publicada hoje. Sobre o valor incidirá correção pelo INPC e juros de mora de 1% ao mês, a contar daquela data. Ele foi condenado ainda ao pagamento de 50% das custas processuais de 15% do valor da condenação. A Câmara Municipal de Maringá foi declarada parte ilegítima na ação. Silvia de Moura Guedes era catadora de recicláveis quando, em 2009, descobriu que tinha sido servidora do Legislativo entre agosto e dezembro de 2008, ano em que trabalhou como cabo eleitoral de Zebrão, ganhando por isso R$ 500,00. Ela só descobriu que tinha sido nomeada quando tentou receber seu PIS; como “servidora”, naquele período ela “recebeu” R$ 10.258,69. O caso foi denunciado por este modesto blog (aqui).
Fonte: Blog do Rigon.

Nenhum comentário:

Postar um comentário