quinta-feira, 2 de abril de 2015

Administração Pupin recorre a Justiça para não conceder o vale alimentação aos servidores



Do blog do Lauro Barbosa

"Notícia (sendo elegante) 'não muito agradável', para os servidores da prefeitura de Maringá. O Juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública de Maringá, Fabiano Rodrigo de Souza, concedeu mandado de segurança para suspender o ato administrativo de derrubada do veto do prefeito Pupin relativo às emendas dos vereadores ao Orçamento 2015. Com isso, por ora, voa, vai para o espaço, o tão sonhado, almejado e imprescindível, vale alimentação (250 reais)".

Meu comentário: já que recorreu à Justiça para impedir a concessão do vale alimentação aos servidores municipais  que a Administração procure outra forma de conceder  o vale alimentação. 
A administração continua não valorizando os trabalhadores municipais afinal,  dinheiro para outras prioridades existe. (Foto Agnaldo Vieira, Maringá manchete)

Nenhum comentário:

Postar um comentário