quarta-feira, 20 de maio de 2015

NO PARANÁ, DESGOVERNO, INCOMPETÊNCIA E TRUCULÊNCIA TEM NOME



 A gestão do governador do Paraná é um perfeito exemplo daquilo que se pode chamar de verdadeiro desgoverno. 

Denúncias de irregularidades envolvendo a reeleição e o governo de Beto Richa pipocam todos os dias. Secretários exonerados (ainda bem, diga-se de passagem), declaração de secretário sendo desmentida pelo governador e agentes públicos próximos ao governador presos. A “banda” desafinou totalmente pois o interesse público que ressoa em outro “tom”.

Mesmo depois do que pode ser considerado um massacre contra os servidores estaduais, o governador, que se auto intitula um democrata e homem de diálogo, prefere insistir na queda de braço suspendendo as negociações com os servidores em greve.  Ao invés do diálogo decidiu pelo confronto.

Na assembleia legislativa, que deveria ser a “casa do povo”, deputados da base aliada do governo (diga-se de passagem representam a maioria dos deputados da Assembleia), demonstram que não estão comprometidos com os eleitores que os elegeram. Estão “comprometidos” com o governo. Não fosse isso verdade uma CPI deveria ser instaurada. 

Escolas fechadas, universidades sem aulas, serviços públicos estaduais parados.    Truculência, desgoverno, incompetência, desrespeito com a população e com servidores estaduais.  O responsável por essa situação tem nome: Beto Richa. 

TODO APOIO A LUTA DOS PROFESSORES E DEMAIS SERVIDORES ESTADUAIS!

Nenhum comentário:

Postar um comentário